Mauro Beting exalta retorno de Dudu: ‘Maior negociação da história do Palmeiras’

O comentarista do Grupo Jovem Pan analisou a volta do atacante, que ficou no Al Duhail, do Catar, por uma temporada, e é um dos maiores ídolos do Alviverde paulista

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2021 14h31 - Atualizado em 17/05/2021 16h49
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/MARCO GALVãO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOMauro Beting analisou o retorno de Dudu ao Palmeiras

O Al Duhail, do Catar, não exerceu o poder de compra e devolveu o atacante Dudu ao Palmeiras, na madrugada do último domingo, 16. O clube catari adquiriu o brasileiro por empréstimo de um ano por cerca de R$ 40 milhões, mas preferiu não desembolsar a mesma quantia para contratá-lo em definitivo. Assim, o Verdão poderá voltar a contar com um de seus maiores ídolos recentes depois de ter recebido um bom dinheiro. Para o comentarista Mauro Beting, do Grupo Jovem Pan, o retorno de Dudu simboliza uma das melhores negociações feitas pelo Alviverde na história.

“Para mim, a situação já está resolvida. Pelo que eu sei, o interesse do Dudu é ficar no Palmeiras. O empresário até pode fazer negócio, mas acho que o Dudu fica. É uma informação com a mistura de um ‘feeling’. Por enquanto, se ele voltar mesmo, é uma das maiores, senão a maior negociação da história do Palmeiras. O clube ganhou muito dinheiro com o empréstimo do Dudu, que volta de ‘graça’ e com uma extrema afinidade com a torcida. É um dos maiores jogadores do Palmeiras na década, um dos grandes maiores também do Brasil nos últimos anos. E com um detalhe: desde que ele saiu, o Palmeiras ganhou Paulista, Copa do Brasil e Libertadores”, analisou o jornalista durante o “Esporte em Discussão”.

Através de sua conta no Instagram, Dudu falou sobre a volta ao Palmeiras com alegria. “Muito obrigado! Que saudade, não vejo a hora de vestir essa camisa de novo, que esse ano seja de muitas alegrias e conquistas”, disse o atacante no perfil do time. O jogador teve uma passagem brilhante pelo clube, ganhando a Copa do Brasil de 2015 e dois Campeonatos Brasileiros (em 2016, como capitão do time, e em 2018), e é o maior artilheiro do clube no século, com 70 gols em 305 jogos usando a camisa do alviverde. Atualmente, o número 7, que era de Dudu, é usado por Rony, que vem ganhando espaço e se tornou o artilheiro do clube na temporada, com seis gols. Resta saber se Dudu voltará a usar o número que lhe pertencia ou ganhará um novo para escrever uma outra história no Palmeiras. Muitos torcedores celebraram nas redes sociais o retorno do atacante, que é tido como ídolo. Durante sua temporada no Catar, Dudu fez 15 gols e deu 17 assistências em 36 jogos.

Assista ao debate abaixo: