‘Não vejo nenhuma incoerência’, diz Mauro Beting sobre convocação da seleção brasileira

Comentaristas do programa Esporte em Discussão analisaram os nomes escolhidos por Tite as ausências na lista de jogadores chamados para os confrontos contra Equador e Paraguai

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2022 13h58
Reprodução/CBFPara Beting, o treinador e a CBF também acertaram ao não convocar Renan Lodi, que não está com o esquema vacinal completo

Na manhã da última quinta-feira, 13, o técnico Tite anunciou a lista de 26 convocados para defender a seleção brasileira nos jogos contra o Equador e o Paraguai, válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. A lista contou com nomes pedidos pela torcida, como Vinícius Jr. (Real Madrid) e com ausências esperadas, como a de Neymar (PSG), que se recupera de lesão. Entretanto, alguns nomes escolhidos pelo treinador não agradaram os torcedores. Foram os casos do lateral Daniel Alves (Barcelona) e do meia Philippe Coutinho (Aston Villa), que foram criticados por terem sido chamados por Tite. Além disso, as ausências de nomes como Guilherme Arana (Atlético-MG), Hulk (Atlético-MG) e Raphael Veiga (Palmeiras) também foram criticadas. A não convocação de Renan Lodi (Atlético de Madrid) também foi criticada, mas Tite esclareceu que o atleta não foi chamado por não estar com o esquema vacinal completo. Durante o programa Esporte em Discussão, da Jovem Pan, o comentarista Mauro Beting analisou a convocação, dizendo que a lista de Tite é boa e que o momento dos jogadores no clube não é tudo que importa para os jogadores serem escolhidos.

“Eu entendo que, de modo geral, a lista é boa, porque não dá para ser muito melhor. Claro que você pode discutir alguns nomes e são até interessantes algumas questões que se colocaram […] Seleção não é só momento. O momento vale para algumas coisas, mas não sempre. Você tem que ter o entendimento de que o jogador rende com o treinador na seleção o que não está rendendo no clube. É o caso do Everton Ribeiro. Na seleção, ele tem jogado muito mais que no Flamengo, mas pela experiência e qualidade é normal que ele seja convocado. […] Eu acho que a lista é boa e é o que dá para fazer. Um ou outro nome você pode e deve discutir, mas não vejo nenhuma incoerência. E já pegando o rabicho do Renan Lodi, que não poderia entrar no Equador, acho que não precisa nem questionar. Entendo que a CBF foi muito bem e o César Sampaio foi mais assertivo ainda”, afirmou Beting durante o programa.

Confira o programa desta sexta-feira, 14: