40% das cidades do Rio de Janeiro ainda não completaram o ciclo vacinal de metade da população

Dado da secretaria estadual de Saúde se contrapõe ao avanço da vacinação na capital fluminense e em Niteroi

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2021 10h12
EVANDRO LEAL/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOCidades do Rio em pior quadro vacinal são Parati e São Fidelix, onde apenas 1 em cada 5 habitantes recebeu as duas doses da vacina contra a Covid-19, apenas 20% da população

Em meio a uma melhora no cenário epidemiológico na cidade e no Estado do Rio de Janeiro, uma notícia preocupante: mais de 40% das cidades do Estado, que tem 92 municípios ao todo, não têm nem metade da população com o ciclo de vacinação completo, com duas doses da vacina contra a Covid-19. Os dados são da própria secretaria estadual de Saúde, que tem como base informações dos municípios, junto ao Programa Nacional de Imunização (PNI). As cidades com menores coberturas vacinais são Parati, no sul, e São Fidelix, no interior, onde apenas 1 em cada 5 habitantes recebeu as duas doses da vacina, apenas 20% da população. Entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, Macaé tem o pior desempenho, somente 1 em cada 4 está imunizado. Barra Mansa, São João de Meriti, Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, aparecem logo atrás com apenas 30% do ciclo vacinal completo para a população local. Por outro lado, Rio de Janeiro e Niterói são as cidades com a vacinação mais avançada. A capital fluminense já vacinou 88% da população com uma dose e imunizou totalmente 77%. No último final de semana, a cidade do Rio de Janeiro ultrapassou a marca de 12 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga