ANS diz que recebeu 38 reclamações sobre ‘kit covid’ contra 23 operadoras de saúde

Dados divulgados apontam que a Hapvida teve sete reclamações, a Prevent Senior teve seis, a Amil registrou quatro e a Jardim América, duas

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2021 10h11 - Atualizado em 11/10/2021 12h57
GENIVAL FERNANDEZ/AGÊNCIA PIXEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO'Kit covid' é composto por medicamentos que não têm eficácia comprovada contra a Covid-19

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) afirma que recebeu 38 reclamações sobre ‘kit covid‘ contra 23 operadoras de saúde diferentes. As reclamações são referentes ao período entre janeiro de 2020 e setembro de 2021. Os locais estariam relacionados ao uso de remédios cuja eficácia não foi comprovada por autoridades de saúde. Segundo a ANS, nem todas eram reclamações sobre o uso de medicamentos do ‘kit covid’, mas, de alguma forma, o tema foi mencionado no momento do registro da demanda. Dados da agência, divulgados pelo jornal O Globo, apontam que a Hapvida teve sete reclamações, a Prevent Senior teve seis, a Amil registrou quatro e a Jardim América, duas. Outras 19 operadoras tiveram uma reclamação cada. Atualmente, de acordo com a ANS, há processos apuratórios em relação a Prevent Senior, a Hapvida, a São Francisco Sistemas de Saúde e a Unimed Fortaleza , apesar de não ter havido registro de reclamação contra a última. Para chegar a esse número, foram usados termos de pesquisa como “kit covid”, “tratamento precoce”, “cloroquina”, “hidroxicloroquina”, “ivermectina”, entre outros. As reclamações dos consumidores foram registradas nos canais de atendimento da ANS.

*Com informações do repórter Fernando Martins