Argentina dispensa apresentação de teste de Covid-19 para brasileiros vacinados

Medida entra em vigor no sábado, 29, e beneficia também cidadãos da Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai

  • Por Jovem Pan
  • 27/01/2022 07h05 - Atualizado em 27/01/2022 07h29
JORGE HELY / ENQUADRAR / ESTADÃO CONTEÚDO Profissional da saúde aplica teste da Covid-19 em mulher Segundo a decisão, os brasileiros que tenham completado a vacinação há pelo menos 14 dias ficarão isentos do exame

O governo argentino vai dispensar teste de Covid-19 para turistas de países vizinhos que apresentarem comprovante de vacinação. Segundo a decisão, os brasileiros que tenham completado a vacinação há pelo menos 14 dias e que apresentarem o comprovante validado pelas autoridades de saúde ficarão isentos de apresentar exame para entrar no país. No entanto, será necessário ter um seguro internacional de saúde com cobertura para Covid-19. Os turistas vacinados também estão desobrigados de cumprir quarentena na Argentina. A medida entra em vigor no sábado, 29, e beneficia também cidadãos da Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Os turistas não vacinados não serão impedidos de entrar, porém terão de apresentar um certificado médico que demonstre isenção da necessidade de vacina, teste PCR negativo feito até 72h antes do embarque, ou teste negativo antígeno feito nas últimas 48 horas, e ainda terão que fazer uma quarentena durante sete dias. Enquanto isso, no Brasil, as restrições feitas a voos vindos de países da África após descoberta da variante Ômicron foram revogadas pelo governo na semana passada. Seguem válidas as medidas como apresentação de teste negativo de Covid-19 e comprovante de vacinação para entrada de turistas por transporte aéreo.

*Com informações da repórter Carolina Abelin