Atentado com carro-bomba deixa pelo menos 20 mortos na Somália

Grupo que reivindicou autoria do crime, Al-Shabab, é considerado como ‘afiliado’ da rede terrorista Al-Qaeda e lidera rebelião há anos para tentar derrubar governo

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2021 11h53
EFE/EPA/SAID YUSUF WARSAMEPelo menos 20 pessoas morreram no araque terrorista

Um carro-bomba explodiu em frente a um restaurante frequentado por civis na capital da Somália, Mogadíscio, e deixou pelo menos 20 pessoas mortas nesta sexta-feira, 5. Segundo informações de agências internacionais, a autoria do crime foi reivindicada pelo grupo Al-Shabab. A polícia local afirmou que o ataque foi feito com um riquixá, que puxava um reboque carregado de explosivos. Além das 20 vítimas fatais, pelo menos 30 pessoas ficaram feridas. As autoridades ainda apuram a gravidade do ataque e não descartam que o número de óbitos possa ser maior. O al-Shabab, afiliado da rede terrorista Al-Qaeda, é um grupo que se auto intitula islamita e lidera há anos uma rebelião para tentar derrubar o governo somali. Apesar de terem sido expulsos da capital do país em 2011 pela União Africana, organização internacional que promove a integração entre países do continente, eles ainda controlam áreas rurais da Somália.

*Com informações da repórter Camila Yunes