Biden torna vacinação contra a Covid-19 obrigatória em grandes empresas dos EUA

Determinação abrange instituições com mais de 100 funcionários e deve afetar ao menos 80 milhões de trabalhadores no país

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2021 11h00
EFE/EPA/Al Drago / POOLA decisão do presidente norte-americano tem como objetivo de conter o avanço da variante Delta do coronavírus

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltou a defender a vacinação em massa contra a Covid-19. Em lançamento do plano de imunização no país nesta quinta-feira, 9, ele anunciou uma ordem executiva que exige que funcionários de agências federais e do Executivo tomem a vacina. Além disso, o projeto também instituiu que empresas com mais de 100 funcionários também deverão exigir a imunização de seus colaboradores ou que fazer testes semanais nas equipes. A decisão do presidente tem como objetivo de conter o avanço da variante Delta do coronavírus, que segue fazendo novas vítimas no país. Segundo Joe Biden, a exigência da vacina nas grandes empresas deve afetar ao menos 80 milhões de trabalhadores nos Estados Unidos. Dados da Universidade Johns Hopkins mostram que mais de 40 milhões de norte-americanos já foram infectados, enquanto pelo menos 650 mil outros foram vítimas da Covid-19.

*Com informações do correspondente Eliseu Caetano