Bolsonaro supera concorrentes em interação nas redes sociais

Bom desempenho foi impulsionado em função ainda das consequências da facada sofrida na campanha de 2018

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2022 12h17 - Atualizado em 24/01/2022 13h22
Isac Nóbrega/PR Jair Bolsonaro Ana Paula afirmou que Jair Bolsonaro é o 'maior protetor da Constituição' atualmente

O presidente Jair Bolsonaro (PL) melhorou o desempenho nas redes sociais entre os dias 17 de dezembro e 20 de janeiro. A conclusão é da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV. O levantamento mostra o chede do Executivo liderando as interações no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube no período. O bom desempenho foi impulsionado em função ainda das consequências da facada sofrida na campanha de 2018. O melhor resultado foi no Facebook, com 13,6 milhões de interações, larga vantagem para o ex-presidente Lula, que teve 2,7 milhões de curtidas e comentários na plataforma no mesmo intervalo. O engajamento em relação ao petista na maioria das redes sociais veio após o encontro com Dilma Rousseff. Entre os demais pré-candidatos mais bem colocados nas pesquisas, o ex-ministro Ciro Gomes ficou em segundo lugar Youtube, sobretudo ao falar de rever o teto de gastos e se defender em relação à operação da Polícia Federal contra ele. Já o ex-juiz Sérgio Moro teve picos de interação ao defender a Lava Jato e criticar Bolsonaro. O governador de São Paulo João Doria registrou mais interações em publicações sobre vacinação.

*Com informações do repórter Fernando Martins