Campanha ajuda camiseiro de 90 anos que ficou sem serviço na pandemia 

Desde a publicação do vídeo, os pedidos, que são feitos sob encomenda, subiram mais de 200%

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2020 07h39
ReproduçãoA família começou a ajudar o alfaiate, que agora está com a agenda cheia pelo menos pelos próximos dois meses

Fila na porta e atendimentos agendados: em poucos dias, a história do camiseiro Odiney Pedroso mudou totalmente. Na semana em que completa 90 anos, ele ganhou um presente de aniversário e viu o estabelecimento que comanda há 75 anos encher de clientes. Seu Pedroso, como é conhecido na Vila Romana, bairro da Zona Oeste de São Paulo, viralizou nas redes sociais em um vídeo em que aparece emocionado dizendo que, desde o início da pandemia, tinha vendido apenas seis camisas. O responsável pelo vídeo, é Renato Dias, proprietário de um posto de gasolina próximo a camisaria e neto de um amigo de longa data do alfaiate. Ele conta que, desde que fez a postagem para ajudar seu Pedroso, já recebeu mensagens com encomendas até de outros países.

Desde a publicação do vídeo, os pedidos, que são feitos sob encomenda, subiram mais de 200%. A família começou a ajudar o alfaiate, que agora está com a agenda cheia pelo menos pelos próximos dois meses. Os netos ajudam a organizar a agenda. Assim o seu Pedroso, que produz as camisas a mão e sozinho, vai conseguir dar conta da demanda. Para o camiseiro, o desfecho da história não poderia ter sido melhor.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini