Com expectativa de movimento intenso no final do ano, Infraero e concessionárias orientam passageiros

22 mil pousos e decolagens estão previstos para o período, aumento de 40% em relação a 2020

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2021 10h53 - Atualizado em 15/12/2021 10h55
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Passageiros andam dentro de aeroporto vazio Fluxo de pessoas nos aeroportos devem aumentar entre os dias 17 de dezembro e 3 de janeiro

Apesar da pandemia da Covid-19, o movimento de viajantes no Brasil deve crescer com as festas de fim de ano. A expectativa da Infraero, que administra 37 aeroportos no país, é receber cerca de três milhões de passageiros entre os dias 17 de dezembro deste ano e 3 de janeiro de 2022. Serão 22 mil pousos e decolagens no período, um aumento de 40% em relação aos dezesseis mil pousos e decolagens que aconteceram no final do ano passado e no começo deste ano. No final de 2020, dois milhões de pessoas embarcaram e desembarcaram nos terminais da empresa entre os dias 18 de dezembro e 4 de janeiro de 2021.

É recomendado que os passageiros cheguem ao aeroporto com antecedência mínima de uma hora a uma hora e meia para voos domésticos e de duas horas a duas horas e meia para voos internacionais. Pra agilizar o processo de embarque, a Infraero recomenda que o check-in seja realizado antecipadamente no site ou no aplicativo da companhia aérea. Uma novidade foi apresentada no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, no mês passado: o embarque com reconhecimento facial biométrico para tripulantes, que visa tornar o processo mais ágil. A ideia é testar por 15 dias e depois implementar em outros aeroportos do Brasil.

*Com informações do repórter Victor Moraes