Detentos em pelo menos 12 penitenciárias do RJ fazem greve de fome

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2017 07h05 - Atualizado em 09/11/2017 11h49
EFE/Antonio LacerdaUm dos motivos seria a decisão do STF de barrar o pedido feito pela Defensoria Pública da União para que presos que estão cumprindo pena em presídio federal pudessem retornar para os presídios do Rio

A Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro está em estado de alerta. Isso porque, nesta quarta-feira (08), presos de mais de dez penitenciárias do Estado decidiram iniciar uma greve de fome.

A greve foi registrada em pelo menos 12 unidades. As causas ainda são especulações, mas um dos motivos seria a decisão do Supremo Tribunal Federal de barrar o pedido feito pela Defensoria Pública da União para que presos que estão cumprindo pena em presídio federal pudessem retornar para os presídios do Rio.

Além da greve de fome, as visitas foram suspensas nos presídios onde a situação ficou mais tensa.

A SAP acompanha de perto o movimento dos presos e uma espécie de gabinete de crise foi montado para evitar que o problema ganhe novas proporções. A Secretaria também foi comunicada desta greve de fome e tem uma equipe de plantão disponível para qualquer necessidade de apoio ou intervenção.

*Informações do repórter Rodrigo Viga