Distribuição de novas doses da CoronaVac para vacinação de crianças começa na segunda-feira

Ministério da Saúde tem 6 milhões de doses armazenadas; a princípio, não serão encomendados novos lotes do Instituto Butantan

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2022 08h32 - Atualizado em 22/01/2022 08h34
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 21/01/2022 Mão segura celular para tirar foto de criança sendo imunizada Uso da CoronaVac em crianças de 6 a 11 anos foi aprovado pela Anvisa na última quinta-feira, 20

O Ministério da Saúde tem 6 milhões de doses da CoronaVac armazenadas. O imunizante deve ser enviado aos Estados a partir da segunda-feira, 24, e, a princípio, o governo federal não vai encomendar novas doses do Instituto Butantan. A estratégia de distribuição da vacina vai levar em conta a quantidade de doses disponíveis em cada local. Segundo o secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, os Estados já sinalizaram que tem três milhões de doses disponíveis em estoque. Para imunizar as crianças, o ministério recomenda a preparação de salas diferenciadas. O secretário executivo disse que essa é uma medida para evitar erros na aplicação do imunizante. Para o público infantil, será usada a mesma vacina da CoronaVac aplicada nos adultos, com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda. Sobre as doses da Pfizer para o público de 5 a 11 anos, o ministério confirmou que a distribuição segue normalmente. Na próxima segunda-feira, chega mais um voo com 1,8 milhão doses pediátricas do imunizante.

*Com informações do repórter Iasmin Costa