Divisão de Homicídios investigará mortes de policiais militares no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2019 06h06
Divulgação/PMERJA Divisão de Homicídios abriu inquérito para investigar a morte dos três policiais e imagens do circuito de segurança das regiões serão analisados

A Polícia do Rio de Janeiro está à procura dos criminosos que mataram três policiais militares desde a última sexta-feira (29).

Um policial militar foi morto neste domingo (31) e, Engenheiro Leal, na periferia da capital. O subtenente André Luiz Sampaio de Souza chegava à sua casa quando foi abordado por homens armados. A princípio seria uma tentativa de assalto. O PM reagiu e foi baleado.

Os criminosos roubaram a arma do policial, que morreu logo após dar entrada no Hospital Salgado Filho, no Méier. Ele trabalhava em diretoria da PM e estava cedido a um programa em Niterói. Ele era casado e deixa uma filha.

Na sexta-feira (29), outro PM, Cicero Fernandes da Silva foi morto quando chegava em casa em Itaguaí. Criminosos armados o abordaram, mas não se sabe se foi tentativa de assalto ou execução. Ele também era casado e deixou filhos.

No mesmo dia, outro PM morreu durante perseguição no Vidigal. Criminosos em moto foram abordados pelo policial e fugiram. Ele foi atrás dos criminosos, que decidiram entrar no mar para escapar do agente. O PM entrou na água, mas se afogou e morreu.

A Divisão de Homicídios abriu inquérito para investigar a morte dos três policiais e imagens do circuito de segurança das regiões serão analisados.

*Informações do repórter Rodrigo Viga