Doria recebe apoio de lideranças do PSDB paulista para prévias do partido

Encontro também foi marcado pela filiação de Tomás Covas, filho de Bruno Covas, à legenda; evento reuniu centenas de pessoas e teve momentos de aglomeração

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2021 08h50 - Atualizado em 19/08/2021 16h28
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO João Doria recebe apoio de autoridades durante encontro do PSDB Fernando Alfredo do diretório municipal do PSDB e Marco Vinholi, presidente estadual do partido, declararam apoio ao governador

O primeiro encontro com a militância do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de São Paulo, desde o início da pandemia, foi marcado pela filiação de Tomás Covas à legenda. Filho de Bruno Covas, bisneto de Mário Covas, o jovem foi recebido com entusiasmo por autoridades como o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo. Em discurso, Tomás disse que se inspira na trajetória política do pai. “Uma pessoa muito especial, que sempre vai seguir comigo por onde quer que eu esteja. O que ele ensinou para a gente, que é possível fazer política sem ódio, a gente aprendeu aqui nesse partido”, afirmou. O encontro, que reuniu centenas de pessoas na noite desta quarta-feira, 18, foi programado para seguir os protocolos sanitários. No entanto, em alguns momentos houve aglomeração no palco e fora dele, quando o governador João Doria foi até o público falar sobre as prévias do PSDB para as eleições de 2022.

O atual governador de São Paulo falou sobre união. “Não faremos uma campanha a divisionista, faremos uma campanha para fortalecer o nosso partido”, disse. As prévias da legenda para definir o candidato à presidência vão acontecer em novembro deste ano. Além de João Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador Tasso Jereissati e o ex-senador Artur Virgílio também participam da disputa interna. Em entrevista à Jovem Pan, Doria falou sobre o que espera do processo, uma vez que o tucano não tem apoio de todas as alas do partido. “Isso é normal, é democracia. Você só encontra uma única voz, um único candidato onde não há democracia. Onde há democracia há disputa legítima, correta, positiva, grandiosa como essa do PSDB”, ressaltou. Fernando Alfredo do diretório municipal do PSDB e Marco Vinholi, presidente estadual do partido, declararam apoio ao governador nas prévias e também ao atual vice de Doria, Rodrigo Garcia, para o governo do Estado no ano que vem.

*Com informações da repórter Carolina Abelin