Economista do MDB: Se Meirelles for eleito, reforma da Previdência pode ser aprovada ainda em 2018

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2018 06h10 - Atualizado em 12/09/2018 07h25
Werther Santana/Estadão ConteúdoCamargo disse que, se Meirelles for eleito, a reforma da Previdência pode ser aprovada ainda no Governo Temer

O Brasil precisa aprovar reformas, como a da Previdência, a tributária e a orçamentária, defendeu o economista José Márcio Camargo, da campanha do presidenciável Henrique Meirelles, do MDB.

Nesta terça-feira (11), o especialista participou de uma sabatina promovida pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e pela Fundação Getúlio Vargas e disse que, se Meirelles for eleito, a reforma da Previdência pode ser aprovada ainda no Governo Temer.

José Márcio Camargo declarou que, para o Brasil crescer, é necessário atrair investimentos privados.

No evento, o economista do MDB defendeu a reforma trabalhista que foi aprovada no ano passado. Para ele, é preferível uma jornada de quatro horas diárias ao desemprego.

*Informações do repórter Afonso Marangoni