Engenheiros comemoram decisão de implantar ‘people mover’ no Aeroporto de Guarulhos

Intenção é que sistema de transporte de massa ligue aeroporto à linha 13 da CPTM, garantindo mais conforto e agilidade para passageiros

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2020 12h22
FEPESIL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOMudança deve facilitar acesso ao aeroporto por transporte público

O governo federal aprovou a construção do “people mover”, sistema de transporte de massa, totalmente automático, de passagem em desnível. A intenção é que ele ligue o Aeroporto de Guarulhos à linha 13 da CPTM, garantindo maior conforto e agilidade aos passageiros, já que muitos usuários dependem de transporte público para realizar esse trajeto. A facilidade tem início na forma de acesso, que vai dispensar o uso de escadas rolantes, já que vai ser construída no mesmo piso da estação de trem. Além disso, o “people mover” vai realizar o percurso em 6 minutos, diferente do ônibus, que é a opção atual. Apesar de gratuito, para ser acessado, o passageiro precisa subir a escada rolante, e aguardar, pelo menos, 15 minutos. O trajeto atual feito pela via externa ao aeroporto ou, pela rodovia leva entre 16 e 25 minutos para ser realizado, tempo que pode aumentar, ainda mais, dependendo do trânsito.

De acordo com Ivan Whately, diretor do departamento de mobilidade e logística do Instituto de Engenharia, esse é um importante investimento. “O ‘people mover’ não é só para a ligação do passageiro que vem no trem da linha 13 da CPTM, ele serve para comunicar, através desse meio de transporte, todos os trens terminais, liga também aos estacionamentos de automóveis, liga à locadora de automóvel e pode ligar até aos hotéis. Ainda segundo o engenheiro, toda população será beneficiada com o novo transporte. “É um modo de transporte interno ao aeroporto e que é independente do que a ferrovia lá fora está fazendo. Ele serve como transporte dentro do sítio do aeroporto, embora o passageiro que vem por trem, vem de táxi ou vem de ônibus acaba usando esse transporte também”, lembrou. O people mover vai ter 2,6 km de extensão e capacidade de 10 a 20 mil passageiros por hora.

*Com informações da repórter Caterina Achutti