Ex-procurador-geral de Justiça do RJ é preso acusado de receber propina em esquema de Cabral

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2018 06h32
Divulgação/Procuradoria da República no Rio de Janeiro/MPF Ele é acusado de ter recebido propina do esquema de corrupção montado por Sérgio Cabral Filho

Ex-procurador de Justiça do Rio de Janeiro é preso. Cláudio Lopes, que foi procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro na gestão do ex-governador Sérgio Cabral, foi preso por decisão da Justiça na noite desta quinta-feira (08).

Ele é acusado de ter recebido propina do esquema de corrupção montado por Sérgio Cabral Filho. Segundo depoimentos de delatores, Lopes chegou a receber uma mesada de R$ 150 mil.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público do RJ pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e teve quebra do sigilo funcional autorizada.

Nesta quinta-feira (08), sete deputados estaduais também foram presos pela Polícia Federal em desdobramento da Operação Lava Jato acusados de terem recebido quase R$ 55 milhões em propina.

Três deputados estaduais que compunham o núcleo duro do MDB na Alerj foram alvos de novos mandados de prisão. Os três já estão detidos desde a Operação Cadeia Velha.

*Informações do repórter Rodrigo Viga