Explosão de caldeira deixa pelo menos 5 feridos em fábrica de pastilhas no Rio

Lesões foram leves e as pessoas foram liberadas logo em seguida; deslocamento de ar derrubou um muro que separa empresa de um condomínio

  • Por Jovem Pan
  • 08/09/2021 06h36 - Atualizado em 08/09/2021 10h27
Reprodução/Jovem PanMuro entre a fábrica e um condomínio foi derrubado, jogando destroços dentro dos apartamentos

Cinco pessoas ficaram feridas nesta terça-feira, 7, após explosão de uma caldeira em uma fábrica de pastilhas da marca Valda na Gardênia Azul, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O barulho foi muito forte, assustando moradores da região, especialmente aqueles que vivem em condomínio vizinho à fábrica. Houve pânico e correria. O deslocamento de ar derrubou um muro que separa a fábrica do conjunto de prédios de pedras, que foram arremessadas para dentro dos apartamentos, destruindo janelas, vidraças, portas e vidros. Cinco pessoas ficaram feridas e precisaram de atendimento médico do Corpo de Bombeiros. Segundo a corporação, foram lesões leves e todos foram liberados logo em seguida. A Defesa Civil precisou ser acionada para analisar possíveis danos estruturais ao condomínio. A unidade da empresa ficou praticamente destruída. A dona da marca Valda informou à Prefeitura do Rio de Janeiro que vai arcar com os prejuízos causados a moradores e vizinhos da região.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga