FHC recebe homenagens de Doria, Temer e Huck pelo aniversário de 90 anos

PSDB fez transmissão ao vivo nas redes sociais com depoimentos ao ex-presidente; além de políticos, artistas homenagearam FHC

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2021 10h22
Alex Silva/Estadão ConteúdoFHC fez aniversário de 90 anos

O PSDB fez uma live nesta sexta-feira, 18, para homenagear os 90 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O partido reuniu depoimentos de políticos e autoridades em várias áreas do país, bem como intelectuais e artistas. A apresentação ficou a cargo do ator Stepan Nercessian, que fez um retrospecto do país, quando do nascimento do homenageado. Depois, uma sucessão de mensagens elogiosas a FHC foi exposta. Quatro tucanos presidenciáveis apareceram no vídeo: o ex-senador Arthur Virgílio Neto disse ser honrado por ter participado dos dois mandatos do tucano. “O Brasil é respeitado, nós viajávamos e sabíamos como o Brasil era respeitado. E a palavra do Brasil tinha um peso muito acima do que ele pudesse significar economicamente. Era uma democracia de verdade. O senhor mesmo, antes de ser presidente, foi um grande ministro”, afirmou.

O governador de São Paulo, João Doria, disse que FHC contribuiu para a democracia no Brasil. “Como também para a construção do PSDB, partido ao qual tenho privilégio e honra de pertencer, mas também pela grande figura humana, sensível, harmoniosa, integradora, serena de Fernando Henrique Cardoso, e também o seu charme encantador que faz com que as pessoas sempre fiquem muito sensibilizadas ao estarem com ele”, disse. Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, não escondeu a admiração pela figura do ex-presidente, alguém que ele considerou de posicionamentos com coragem e palavras inspiradoras. Tasso Jereissati, senador tucano, disse que FHC tem uma das histórias de vida mais bonitas e vitoriosas do país. “Sociólogo, intelectual, reconhecido nacional e internacionalmente e que fez uma grande inflexão na história desse país, mudando o conceito mundial sobre a democracia e as instituições brasileiras”, afirmou. Também ex-presidente, Michel Temer, diz que o Brasil comemorou o aniversário de um de seus filhos mais ilustres. “Alguém que ousou desafiar o país a pensar, a se estabilizar”.

O apresentador Luciano Huck, que já foi cotado como presidenciável, também esteve presente no vídeo de homenagem. “É um privilégio poder falar de boca cheia que sou seu amigo. Agradeço muito a confiança, generosidade e trocas de ideias que a gente teve por tantas vezes ao longo desses seus 90 anos. Estou aqui seguindo as suas pegadas, essas pegadas da ética, da retidão, da inteligência, do bom humor. Como brasileiro, queria agradecer”, declarou. A cantora Fafá de Belém agradeceu a amizade e o serviço público de FHC. “Muito obrigada, só tenho a dizer muito obrigada pelo democrata que você é, pelo homem público, pelo amigo, pela simplicidade genial da inteligência tão profunda, tão rica, e esse profundo entendimento”, afirmou.

Ao fim da transmissão, o próprio aniversariante apareceu na live afirmando que todos exageraram nas suas qualidades e quase não tocaram em seus defeitos. “Se você não for capaz, como sociólogo, como político, de entender outro ser humano, não entende nada. Eu tentei dar as melhores condições de vida para o povo brasileiro, isso é o que me entusiasma até hoje. É melhor ser espontâneo porque as pessoas sentem quando a coisa é preparada e quando a coisa é solta”, disse. A live ainda exibiu um trailer do filme “O Presidente Improvável”, que estreia em março do ano que vem. Nas imagens, FHC bate papo com amigos e personalidades, inclusive o ex-presidente americano Bill Clinton.

*Com informações do repórter Fernando Martins