Governo vai gastar R$ 13,5 bi para garantir preço mais barato do diesel

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2018 07h20
Fernando Frazão/Agência BrasilGreve dos caminhoneiros vai resultar no corte de R$ 4 bilhões no orçamento federal

Para garantir os preços menores para o diesel, o governo vai torrar R$ 13,5 bilhões até o fim do gestão Temer, em dezembro. Em janeiro, passa o problema para o próximo presidente. Uma nova manifestação agora quer um desconto parecido para os outros combustíveis, gasolina e gás de cozinha.

Mas o governo não se manifesta. Inicialmente o ministro da Fazenda Eduardo Guardia falou em cortes, mas admitiu que haverá aumento de impostos e isso sofre resistências do DEM e do MDB, partidos aliados do presidente Michel Temer. Além de abrir mão de impostos, o governo vai bancar para a Petrobras a diferença do preço do diesel.

A dificuldade agora é convencer o congresso a votar aumento de impostos em ano eleitoral e também um crédito suplementar. A expectativa também é de corte de gastos em quase R$ 4 bilhões.

*Com informações de José Maria Trindade