Homem é morto a tiro durante roubo de celular na zona leste de SP

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2018 05h49
Pixabay
Ele foi atacado na noite desta quinta-feira (13) na Praça Eulógio Emílio Martinez, junto à Rua Vicente Romano, no Parque da Mooca

Chef de cozinha é morto a tiro durante roubo de celular na região da Mooca, Zona Leste de São Paulo.
 Baleado no rosto, Edson Gabriel da Cruz Silva, de 33 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento.

Ele foi atacado na noite desta quinta-feira (13) na Praça Eulógio Emílio Martinez, junto à Rua Vicente Romano, no Parque da Mooca.

Chef de cozinha de uma hamburgueria localizada na Rua Guaimbé, naquele bairro, ele estacionou seu veículo, um Chevrolet Prisma prata, e sentou-se em um banco da praça com a namorada.
 Foi quando dois bandidos surgiram a pé e anunciaram o assalto.

Os criminosos exigiram que eles entregassem os celulares e outros pertences, mas, durante a ação, um dos ladrões atirou, atingindo Silva.
 Após o disparo, a dupla fugiu em direção à Favela da Vila Prudente, que fica na Rua Dianópolis.

Em pânico, a namorada da vítima acionou o Corpo de Bombeiros, e uma equipe de resgate chegou rapidamente ao local.
 Silva foi encaminhado ao Hospital Municipal Doutor Ignácio de Proença Gouveia, próximo dali, mas ele acabou morrendo.

Edson Gabriel da Cruz Silva estava separado havia dois meses e deixou um filho pequeno do relacionamento anterior.
 O latrocínio foi registrado no 56º Distrito Policial, da Vila Alpina, e vai ser investigado pelo DHPP, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore