Mandetta promete recursos a municípios que atingirem meta de vacinação contra o sarampo

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2019 07h11
Marcelo Camargo/Agência BrasilCampanha de imunização em crianças vai até sexta-feira (25)

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, prometeu liberar recursos para municípios que cumprirem a meta de vacinação contra o sarampo. Ele deu a declaração na manhã deste sábado (19), durante uma ação do Dia D de imunização contra a doença em São Paulo, e disse que o governo reservou R$ 103 milhões para as cidades que alcançarem o objetivo de cobertura e informarem como está o estoque de vacinas.

Mandetta disse que esse bônus vai estar condicionado ao número de habitantes de cada município. “Uma cidade como São Paulo, que tem aqui, 12 milhões [de pessoas], se ela chegar entre 90% e 95%, nós vamos dar R$ 0,50 por habitante, então entra mais R$ 6 milhões, para ajudar no esforço. Se ela fizer de 95% a 100%, ou seja, atingir a meta, nós vamos dar os R$ 12 milhões”, garantiu.

O Brasil registrou 13 mortes por sarampo e quase 6.200 casos confirmados neste ano; 96% do total só no estado de São Paulo.

Durante o Dia D, mais de 23 mil crianças foram imunizadas nos postos de saúde paulistas. Elas são mais vulneráveis e suscetíveis a complicações da doença, que podem levar a morte.

A vacinação contra o sarampo para crianças de seis meses a cinco anos de idade vai até sexta-feira (25). A segunda fase da campanha vai priorizar adultos de 20 a 29 anos e começa em 18 de novembro.

*Com informações do repórter Tiago Muniz