Miliciano é preso em reunião de condomínio no Rio de Janeiro

Manoel Carlos Honorato, conhecido como Coroa, participava de uma eleição para síndico; havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele por formação de milícia armada e corrupção

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2021 06h24 - Atualizado em 08/11/2021 10h42
Tânia Rêgo/Agência BrasilOperação da Polícia Civil descobriu que o miliciano Coroa iria participar de uma reunião de condomínio e mandou agentes para prendê-lo

Um miliciano foi preso neste final de semana no Rio de Janeiro quando participava de uma reunião de condomínio. Ele é apontado como chefe de uma milícia em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. De acordo com as investigações da Polícia Civil, Manoel Carlos Honorato, conhecido como Coroa, comanda o grupo miliciano que controla prédios do bairro Venda Nova. Os agentes descobriram que Coroa iria participar da eleição para síndico do condomínio que é controlado pela milícia dele. Eles foram até o local e prenderam o criminoso em flagrante. Várias denúncias já tinham sido apresentadas contra o miliciano. Já havia um mandado de prisão preventiva em aberto pelos crimes de formação de milícia armada e corrupção. Esse mandato foi expedido pela Primeira Vara de São João de Meriti. Os grupos paramilitares não param de crescer no Rio de Janeiro e, cada vez mais, expandem territórios,  saíram da capital e já estão presentes na região metropolitana, na Baixada Fluminense e até mesmo no interior do Estado.

*com informações do repórter Rodrigo Viga