Morre Eva Wilma, aos 87 anos, vítima de câncer no ovário

Nascida em 14 dezembro de 1933, em São Paulo, a atriz foi um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira; ela deixa dois filhos e cinco netos

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2021 07h34
Reprodução/Instagram/evawilmaoficial/20.04.2021Em abril, a atriz foi internada para tratar problemas renais e cardíacos, quando descobriu o tumor

Morreu, na noite deste sábado, aos 87 anos, a atriz Eva Wilma. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, tratando um câncer no ovário. Eva Wilma teve uma insuficiência respiratória decorrente da disseminação do tumor. Em janeiro deste ano ela foi internada com pneumonia leve. Pouco tempo depois, no mês de abril, foi internada pra tratar problemas renais e cardíacos. Em seguida, a atriz descobriu o câncer. Internada na UTI, ela publicou uma foto nas redes sociais ensaiando o texto para gravar o filme As Aparecidas.

Nascida em 14 dezembro de 1933, em São Paulo, Eva Wilma foi um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira e esteve ligada ao mundo das artes desde cedo. Aos 14 anos iniciou no ballet clássico e, tempos depois, se aventurou até na patinação no gelo. Aos 19 anos ela já participava do ballet do IV Centenário de São Paulo. Mas, pouco tempo, depois abandonou a dança para dar vida aos personagens no teatro. Fez parte do teatro Arena e do programa Alo Doçura, da TV Tupi. Foi no seriado, que durou 10 anos, que ela conheceu o também ator John Herbert, com quem ficou casada durante 23 anos e teve dois filhos: Vivien e John. Após a separação, a atriz se casou com o ator Carlos Zara.

Eva Wilma foi uma mulher conectada às artes de uma forma geral e fazia questão de ressaltar a importância dos pais na influência que desempenharam em sua carreira artística. Ela também estrelou grandes papéis nas telenovelas brasileiras. Meu Pé de Laranja Lima, Mulheres de Areia, A Indomada, Pedra Sobre Pedra, O Rei do Gado e Começar de Novo são algumas das dezenas de novelas que a atriz participou. Foi na primeira versão de Mulheres de Areia que ela deu vida às icônicas personagens Ruth e Raquel. O último trabalho na televisão foi em 2015, na minissérie Verdades Secretas. No teatro, foram mais de 60 peças. No cinema, mais de 20 participações. Apesar de ciente das dificuldades, Eva Wilma amava o teatro e reconhecia a singularidade da vida de atriz. Ela deixa dois filhos, cinco netos e um grande legado para a arte brasileira.

*Com informações da repórter Camila Yunes