Pesquisa aponta que 47% dos trabalhadores não possuem plano de saúde

Em 2020, apenas 26% dos brasileiros empregados não tinham acesso ao benefício; queda está relacionado à crise econômica causada pela pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2021 07h39 - Atualizado em 01/07/2021 09h39
CARLOS SILVA/AGÊNCIA FREE LANCER/ESTADÃO CONTEÚDO - 26/05/2021Ao todo, 7% dos entrevistados dizem pagar um plano de saúde particular ou serem dependentes no plano de um familiar

Quase metade dos trabalhadores brasileiros não possui nenhum tipo de auxílio de saúde. É o que aponta uma pesquisa recente realizada pela Ticket. Segundo o levantamento, 47% da população economicamente ativa está sem nenhum benefício na área atualmente, quase o dobro do registrado em 2020, quando era 26%. O gerente de Inovação e Mercados Estratégicos da empresa, Charles Boussion, acredita que a queda está relacionada à crise econômica causada pela pandemia. “Dentro do Brasil os números variante entre dois em 10 ou três em dez brasileiros que possuem um plano de saúde. E dentro desse número, 80% recebem esse plano de saúde da empresa. A gente imagina que é pelo efeito da pandemia, os desafios para as empresas em termos de custos. Uma maior parte da população dos trabalhadores pudessem receber alguma auxílio. Até então, a principal alternativa ao SUS era o plano de saúde, mas é um produto muito caro. É o segundo fator de custo nas empresas, então muitas empresas estão obrigadas a cortar o benefício e se encontram sem nenhum auxílio.”

Dos que têm algum benefício, 15% possuem plano de saúde totalmente custeado pela empresa. Outros 16% têm um plano parcialmente pago pelo local em que trabalham e 14% possuem planos pagos pela companhia, mas com coparticipação nos serviços utilizados. Ao todo, 7% dos entrevistados dizem pagar um plano de saúde particular ou serem dependentes no plano de um familiar. Para Boussion, a pesquisa revela a importância de empresas investirem em novas estratégias de auxílio saúde. “A pesquisa mostrou que, talvez justamente por tudo isso que a gente falou, poucas pessoas têm auxílio, poucas pessoas têm esse acesso fácil, a consequência é que poucas pessoas praticam a prevenção. Porque 36% dos respondentes disseram que não realizam ou nunca fizeram avaliação de checkup, o que pode ser muito grave”, pontuou. Quando questionados se possuem pessoas próximas que não têm plano ou auxílio de saúde, 53% responderam que sim e, que se possível, gostariam de incluí-los em seu próprio plano.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini