Polícia busca casal que invadiu creche no RJ e manteve crianças e funcionários reféns

Cerca de 15 pessoas ficaram sob mira de armas de fogo antes de serem roubadas pelo casal que estava em fuga na cidade de Niterói, Região Metropolitana do Estado

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 09h49 - Atualizado em 09/05/2021 10h18
Tânia Rêgo/Agência BrasilPolícia procura suspeitos

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está à procura de um casal que invadiu uma creche e fez 15 reféns entre funcionários e crianças na última sexta-feira, 7, na cidade de Niterói, Região Metropolitana do Estado. A dupla fugia de um cerco policial quando decidiu se esconder dentro da creche, anunciou o sequestro e manteve os reféns sob a mira de armas de fogo por alguns minutos. Ao fugir, eles levaram pertences pessoais e celulares de funcionários e professores. Um retrato falado e pistas são usados pelos agentes de segurança para buscar a dupla. Na última semana, pouco após o massacre que deixou cinco mortos na cidade de Saudades, no interior de Santa Catarina, a PCRJ também prendeu na cidade de Cabo Frio um jovem que estaria planejando um atentado a uma escola. O alerta foi emitido por órgãos de inteligência do governo federal e na casa do suspeito a polícia encontrou sinais de que um plano era traçado. A capital fluminense lembrou em abril deste ano o Massacre de Realengo, que deixou 12 alunos e o assassino mortos em uma escola pública da capital.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga