Possível sucessor de Ecko se torna o criminoso mais procurado no Rio

Portal dos Procurados está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem der pistas sobre o paradeiro de Tandera

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2021 07h50 - Atualizado em 16/06/2021 09h37
Reprodução/Twitter/DDalertaRioTandera tem atuação na Baixada Fluminense, mas a sua milícia já tem influência em áreas e comunidades da Zona Oeste da capital

O miliciano Danilo Dias Lima, conhecido como Tandera, se tornou o bandido mais procurado no estado do Rio de Janeiro após a morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko, no último final de semana. Tandera é apontado como um possível sucessor na Bonde do Ecko, milícia que era comandada por Wellington da Silva Braga. O Portal dos Procurados já está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem der pistas sobre o paradeiro de Tandera, que tem atuação na Baixada Fluminense, mas a sua milícia já tem influência em áreas e comunidades da Zona Oeste da capital. Até então, antes da morte de Ecko, a recompensa oferecida pelo Portal dos Procurados era de R$ 1 mil. Ecko foi morto no último sábado, 12, em um cerco da Polícia Civil, em Paciência, na Zona Oeste da capital e tinha recompensa fixada em R$ 10 mil.

A Polícia do Rio abriu inquérito para investigar essa possível sucessão no comando de áreas que eram dominadas pela Bonde do Ecko. São basicamente três cenários traçados pelos investigadores. Uma sucessão conflituosa em que Tandera seria o protagonista e contaria com o apoio do ex-policial militar, Antoni Ângelo, que esteve preso durante anos em uma unidade federal fora do Rio de Janeiro, mas recentemente voltou para o sistema carcerário do Estado. Uma outra possibilidade seria que um irmão de Ecko assumisse a Bonde da Ecko, Luiz Antônio Braga ou Wallace Braga. Este último foi preso recentemente pela Polícia do Rio de Janeiro, que tenta transferi-lo para uma unidade federal fora do Estado. A terceira possibilidade, de acordo com as investigações, seria a própria milícia Bonde do Ecko se reunir e apoiar o nome para suceder Wellington da Silva Braga.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga