Prefeitura de SP vai abrir audiência pública para conceder terminais de ônibus à iniciativa privada

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2018 09h19 - Atualizado em 24/04/2018 09h20
Rovena Rosa/Agência BrasilEm entrevista coletiva à imprensa, o prefeito falou que a intenção é modernizar os terminais e desonerar os cofres públicos

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou nesta segunda-feira (23) que vai abrir uma audiência pública para passar para a iniciativa privada alguns terminais de ônibus da cidade.

Em entrevista coletiva à imprensa, o prefeito falou que a intenção é modernizar os terminais e desonerar os cofres públicos.

Segundo Bruno Covas, a cidade gasta atualmente cerca de R$ 200 milhões por ano com a manutenção dos 27 terminais da capital.

As regras para que as empresas interessadas na concessão possam se candidatar foram publicadas no Diário Oficial desta terça-feira (24). Ganha a empresa que oferecer pagar o maior valor para a Prefeitura.

Se trata também de uma série de contrapartidas ao município, como melhorias nas ruas no entorno dos terminais, a administração desses pontos e até a exploração de novos negócios nesses terminais, como explicou o secretário de Desestatização e Parcerias, Wilson Poit.

Além do edital publicado hoje, que está aberto para consulta pública, a prefeitura vai lançar um outro edital, em junho, somando as sugestões da população feitas nesse primeiro momento. Na primeira etapa, só o terminal Princesa Isabel, no centro, é que está incluído.

Na segunda consulta pública, daqui a dois meses, os terminais Capelinha e Campo Limpo, na zona Sul, também deverão ser privatizados.

*Informações do repórter Caio Rocha