Protesto ameaça abastecimento de combustíveis no Rio de Janeiro

Em estado de greve, caminhoneiros ameaçam paralisação geral nos próximos dias caso o governo federal não analisa e atenda suas demandas, cuja principal delas é o preço do óleo diesel

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2021 07h06 - Atualizado em 22/10/2021 11h16
Fernando Frazão/Arquivo Agência BrasilPostos de combustíveis do Rio que estiverem com os estoques baixos podem ser prejudicados caso a paralisação se estenda

Nesta quinta-feira, 21, uma manifestação de caminhoneiros paralisou uma base de carregamentos em Campos Elísios, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ). Os ‘tanqueiros’, como são conhecidos, impediram a entrada de outros caminhões na base para que os caminhões tanque pudessem ser abastecidos. Isso criou um alerta dentro do segmento de revenda e distribuição de combustíveis no Rio de Janeiro. Postos de combustíveis que estiverem com os estoques baixos podem ser prejudicados caso essa paralisação se estenda. Há relatos de que manifestações desse tipo, próximas à refinarias da Petrobras também aconteceram em outros locais do país. A base de Campos Elísios fica próxima à refinaria de Duque de Caxias, uma das maiores e mais importantes da estatal. Os caminhoneiros estão em estado de greve e ameaçam uma paralisação nos próximos dias, caso as reinvindicações não seja analisadas e atendidas pelo governo federal. Um dos pontos principais é o preço do óleo diesel.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga