Réveillon em Copacabana tem apreensão de mais de mil produtos ilegais

Maior parte dos itens apreendidos estava sendo comercializada por ambulantes na areia da praia, operação de Réveillon será realizada até o dia 2

  • Por Jovem Pan
  • 01/01/2022 07h44
Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio de Janeiro pessoas admirando os fogos em copacabana Virada de ano teve apreensões de itens ilegais em Copacabana

Mais de mil produtos ilegais foram apreendidos nas primeiras horas de 2022 pela Secretaria de Ordem Pública do Rio de Janeiro em Copacabana, que, apesar de não ter qualquer show musical, teve apresentações pirotécnicas de mais de 10 minutos e reuniu grande número de pessoas na virada do ano. A maior parte das mercadorias ilegais estava sendo comercializada por ambulantes que trabalhavam de forma irregular. Uma das apreensões que chamou mais atenção foi a de um cooler gigante com bebidas alcoólicas enterrado nas areias da praia. A operação contra o comércio ilegal começou ainda no dia 30 e só deve terminar neste domingo, 2. “A operação do Réveillon vai se estender até o dia 2, que é um domingo, depois a gente segue fazendo a ‘Operação Verão’, alinhado com a Polícia Militar, com as forças de segurança como um todo, para trazer ordenamento para a cidade”, afirmou o secretário de Ordem Pública do município, Brenno Carnevale. O esquema especial em Copacabana reuniu a Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb), 500 membros da Guarda Municipal e policiais que inauguraram câmeras corporais nas suas fardas.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga