Transações bancárias por celular ultrapassam 50% pela 1ª vez, diz Febraban

Somando o mobile ao internet banking, os canais digitais concentram 67% de todas as operações do país

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2021 10h21
ReutersEm 2020, foram registradas 52,9 bilhões de operações via celular, o que representa 51% do total de transações

O número de transações bancárias feitas por celular passou a responder pela maioria das operações realizadas pelos brasileiros. Em 2020, foram registradas 52,9 bilhões de operações via celular, o que representa 51% do total de transações, mostra pesquisa divulgada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Somando o mobile ao internet banking, os canais digitais concentram 67% de todas as transações bancárias do país, o que equivale a dizer que 8 em cada 10 pagamentos de contas são digitais e 9 em cada 10 contratações de crédito são digitais. Sobre o Pix, novo sistema de pagamento eletrônico que começou a funcionar no final do ano passado, o estudo mostra a grande aceitação dos brasileiros. Entre novembro de 2020 e março deste ano, as transações pelo Pix cresceram 471%.

O diretor de tecnologia e automação bancária da Febraban, Rodrigo Mulinari, observa que a pandemia acelerou a migração para os serviços digitais. “A gente percebe com números e com históricos é que os que saem do atendimento físico eles começam a utilizar os canais digitais, eles ficam depois nos canais digitais. Até porque os canais digitais tem uma completude muito grande de transações e são extremamente seguros”, relata. A pesquisa também aponta que os bancos seguem priorizando investimentos em tecnologia. Os gastos com tecnologia da informação cresceram 8% de 2019 para 2020, atingindo R$ 25,7 bilhões. Deste total, 10% foram voltados para cibersegurança.

*Com informações da repórter Carolina Abelin