Três pastores brasileiros são presos por tráfico de pessoas em Portugal

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2020 09h14
ReproduçãoO Serviço de Estrangeiros e Fronteiras cumpriu ainda cinco mandados de busca e apreensão na região da Grande Lisboa

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal prendeu três pastores brasileiros, dois homens e uma mulher, acusados de tráfico de pessoas e auxílio à imigração ilegal. O SEF cumpriu ainda cinco mandados de busca e apreensão na região da Grande Lisboa.

Segundo o órgão, os líderes evangélicos atraíam cidadãos no Brasil com a promessa de trabalho e legalização da situação migratória no país europeu.

Cerca de trinta brasileiros, entre eles crianças, que viviam em condições muito precárias, foram resgatados. O nome da igreja e a identidade dos pastores ainda não foram divulgados.

Em nota, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras afirmou que as pessoas também eram obrigadas a pagar um aluguel de até 300 euros à organização religiosa. É investigado ainda o fato de os imigrantes terem que trabalhar para a igreja sem remuneração.

Segundo a imprensa local, as apurações começaram há três meses após uma denúncia sobre atividades enquadradas na prática de tráfico de seres humanos. Os pastores foram interrogados nesta sexta-feira (10) pela Justiça portuguesa e as investigações seguem em andamento.

* Com informações da repórter Letícia Santini