Vereadores definem nesta terça integrantes de comissão que vai investigar Crivella

Os trabalhos da CPI devem durar pelo menos 120 dias; ou seja, a comissão será concluída apenas em 2021

  • Por Jovem Pan
  • 08/09/2020 07h52 - Atualizado em 08/09/2020 08h29
Marcelo Fonseca/Estadão ConteúdoMarcelo Crivella é o atual prefeito do Rio de Janeiro

Os nomes dos cinco integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar o prefeito Marcelo Crivella, deve ser definido nesta terça-feira, 8, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A perspectiva é que com a autorização para a instalação desta CPI, publicada no Diário Oficial do município na última sexta-feira, 4, os nomes dos integrantes sejam conhecidos a qualquer momento. Normalmente, quem faz o pedido de abertura e recolhe os pedidos de assinatura tem um assento garantido e, normalmente, também é presidente ou relator da comissão. Neste caso, que ficou conhecido como “Guardiões do Crivella“, a responsável foi a vereadora Teresa Bergher.

Os trabalhos da CPI devem durar pelo menos 120 dias. Ou seja, a comissão será concluída apenas em 2021, após as eleições municipais que vão acontecer em novembro deste ano. O prefeito Marcelo Crivella está sendo acusado de utilizar funcionários públicos, designados a irem na porta de hospitais da rede de saúde da capital, para intimidar pacientes que falassem mal do atendimento da unidades e atrapalhar o trabalho da imprensa. Além da investigação da CPI na Câmara Municipal, a polícia fluminense e o Ministério Público do Rio de Janeiro também estão investigam o caso.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga