Claude Troisgros fala a diferença entre ‘Mestre do Sabor’ e ‘MasterChef’: ‘Sem grosseria’

Chef francês falou sobre reality show e impactos da pandemia na profissão em entrevista à bancada do Morning Show

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2020 11h36 - Atualizado em 21/09/2020 12h25
Reprodução/Instagram/c_troisgrosChef Claude Troisgros disse que seu programa tem proposta diferente em relação aos participantes

O chef Claude Troisgros, apresentador do “Mestre do Sabor” na TV Globo, acredita que a principal diferença entre o seu reality show e o concorrente “MasterChef“, da Band, é a regionalidade. “O ‘Mestre do Sabor’ foi criado pela equipe do Boninho junto comigo, é um programa 100% brasileiro. O ‘MasterChef’ é internacional, que teve o formato comprado”, disse em entrevista ao Morning Show, da Jovem Pan, nesta segunda-feira (21).

Troisgros contou que é amigo do chef Jacquin, o temido jurado do reality da Band, mas que sua atração tem uma proposta diferente em relação aos participantes. “Uma das exigências quando me convidaram [para fazer o programa] era não fazer algo muito dramático. Era para valorizar a comida e o cozinheiro brasileiros, sem drama, sem briga e sem grosseria”, explicou. O chef francês também comanda o “Que Marravilha!” e “The Taste Brasil” na GNT. “Faço programas dentro da minha profissão, que é cozinhar. Na Globo, tenho um programa mais elaborado do que estava acostumado a fazer na GNT, mas eu aprendi muito. Não vejo negativo [em estar na TV], ajuda a nossa profissão e o meu negócio.”

Troisgros inaugurou neste mês o restaurante Chez Claude, no Itaim Bibi, em São Paulo. Com a pandemia de coronavírus, o chef precisou se reinventar. “O estrago foi muito grande para todo o setor de restaurantes. Estamos falando de uma profissão artística e todo o setor da arte foi muito afetado. Fechamos por obrigação os restaurantes, e de um mês para cá estamos reabrindo bem devargazinho, cheio de restrições, como as mesas separadas e garçom servindo com máscaras. O movimento está voltando pouco a pouco, vamos esperar que a pandemia acabe logo”, torceu.