Augusto: ‘Chico Rodrigues devia ter pedido licença ao PT, que inventou a cueca forte’

Parlamentar encontrado com R$ 30 mil nas roupas durante ação da Polícia Federal foi criticado pelo senador petista Humberto Costa

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2020 19h09 - Atualizado em 15/10/2020 19h10
Jovem PanComentarista Augusto Nunes, do programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan

O senador Humberto Costa (PT) comentou em uma série de tweets nesta quinta-feira, 15, sobre o flagrante feito pela Polícia Federal do também senador Chico Rodrigues (DEM) com R$ 30 mil na cueca durante ação que investigava desvio de recursos públicos no combate ao novo coronavírus em Roraima. Em uma das publicações, Costa escreveu: “Mais um escândalo de proporções internacionais no governo Bolsonaro”. O comentarista Augusto Nunes, do programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, criticou o petista, e lembrou que “a cueca cofre nasceu” com o próprio partido, durante o escândalo do Mensalão.

Em 2005, o assessor de José Guimarães, irmão do ex-presidente do PT José Genoino, foi preso no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com US$ 100 mil dólares na cueca, além de outros R$ 209 mil guardados em uma maleta. “Aparece Humberto Costa dizendo que o governo inventou algo inédito. Ele esqueceu que a cueca cofre nasceu lá, e tentou culpar o presidente Bolsonaro pelo que fez um deputado. (…) A cueca cofre é uma das inúmeras, incontáveis, bandalheiras do PT. O PT fazer comentários sobre corrupção é muito, o Brasil não é tão amnésico, não esquece isso. Além de oferecer indícios de que agiu criminosamente, o senador [Chico Rodrigues] deveria ter pedido licença a José Guimarães, que inventou a cueca cofre”, afirmou Augusto.

O comentarista pontuou, ainda, que o problema de corrupção envolve um deputado, ou seja, é um problema do Congresso, e não do governo federal. “Mesmo assim o presidente agiu. Chico Rodrigues se tornou vice-líder porque, nas negociações com os partidos, foi indicado pelos colegas. Nessas reações imediatas continua valendo a frase que desde o início do governo Bolsonaro não houve nenhum caso de corrupção com a participação ou anuência do governo federal, e é isso que incomoda o PT”, disse Augusto. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, determinou nesta quinta-feira, 15, o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM) do cargo. Ele também foi deposto do cargo após um despacho publicado por Bolsonaro no Diário Oficial da União (DOU) de hoje.