Bolsonaro sobre Sergio Moro na Presidência: ‘Imagina ele negociando com o Parlamento’

Presidente citou a postura rígida do magistrado durante sua atuação como juiz ao proferir sentenças: ‘Na política não é assim, você tem que conversar’

  • Por Jovem Pan
  • 27/10/2021 14h30
Marcos Corrêa/PRPresidente da República concedeu entrevista exclusiva ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 27

Questionado sobre uma eventual eleição do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro para a Presidência da República, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, em entrevista exclusiva ao programa Pânico, da Jovem Pan, que o ex-juiz da Operação Lava Jato precisaria aprender a lidar com o Congresso Nacional. “Ele viveu 23 anos de magistratura, dava a sentença e [escrevia] cumpra-se. Na política não é assim, você tem que conversar”, disse o mandatário do país. Embora ainda não tenha tratado sobre o assunto publicamente, Moro deve se filiar ao Podemos nas próximas semanas. A legenda, presidida pela deputada federal Renata Abreu (SP), quer lançá-lo como candidato ao Palácio do Planalto nas eleições de outubro do ano que vem.

“O Sergio Moro veio trabalhar comigo bem intencionado. Eu sempre falei para os ministros que eles tinham liberdade, mas eu tinha o poder de veto. Eu analisava a vida pregressa de alguns e dizia ‘esse não dá’. Ele assumiu a Justiça como se fosse algo particular dele, trouxe toda a República de Curitiba para o ministério dele. Ele tinha a vontade de ir para o STF [Supremo Tribunal Federal], mas não tinha experiência de política. Ele viveu 23 anos de magistratura, dava sentença e [escrevia] cumpra-se. Na política não é assim. Fico imaginando o Moro, chefe do executivo federal, estadual ou municipal, negociando com o Parlamento. Fico imaginando com o Parlamento. O Parlamento está lá, você tem que conversar com os caras, pê. Esses caras têm poder, foram escolhidos pelo povo. Imagina negociar com 600 pessoas. Parece que ele está indo para o Podemos. Ele sabe o que está fazendo, acho que o Podemos sabe o que está fazendo também. Seria bom se cada partido lançasse um candidato”, disse Bolsonaro.