‘Sofri tortura psicológica com ataque soviético das meninas no BBB 20’, diz Hadson Nery

Em entrevista ao Pânico, ex-BBB criticou o politicamente correto e afirmou que foi eliminado da última edição porque ‘pagou o preço por ser verdadeiro’

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2021 15h52
Imagem: Reprodução/Programa PânicoHadson Nery afirmou que 'BBB 21' está 'uma merd*' em entrevista ao Pânico

Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta sexta-feira, 05, um dos nomes mais polêmicos da 20ª edição do Big Brother Brasil, Hadson Nery, analisou o comportamento dos participantes do BBB 21 e afirmou que a atual edição do reality está uma merd*. “No último ano, durante a minha edição, até que deu certo misturar participantes anônimos e famosos, mas este ano está dando muita polêmica. Os famosos entram no BBB robotizados e com discursos prontos, o que torna tudo mais chato. O entretenimento precisa ser real, as pessoas precisam ser verdadeiras. Inclusive, em 2020, alguns famosos levaram vantagem porque entraram na casa super preparados, deixaram vídeos gravados para as redes sociais e contrataram equipes de comunicação. O público exige que os participantes tenham determinados comportamentos em frente à TV, mas as pessoas não são politicamente corretas na vida real. Somos humanos, temos os nossos erros e acertos. A sociedade está cada vez mais intolerante e as pessoas querem impor uma realidade que nem mesmo elas seguem”, disse.

Integrante dos “chernoboys”, apelido dado no reality ao grupo de homens que se uniram na casa, Hadson protagonizou uma das maiores polêmicas da última edição ao idealizar um suposto “teste de fidelidade” para avançar na competição. Logo no início do programa, o paraense propôs aos brothers uma estratégia de jogo baseada em flertar com as mulheres comprometidas para prejudicá-las com o público. No entanto, após a armadilha ser descoberta, o ex-BBB foi repreendido pelas sisters, teve seu plano arruinado e foi o terceiro eliminado do programa. Ao lembrar da situação, ele alega que sofreu tortura psicológica. “Fui o terceiro eliminado porque paguei o preço por ser verdadeiro. Eu errei, assumo, mas sou humano. Sofri tortura psicológica com o ataque soviético das meninas me coagindo ali, essa foi a imagem que alcançou maior repercussão em toda a edição. Naquele momento, a disputa no BBB tornou-se homens contra mulheres e eu acho isso uma loucura”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com o ex-BBB Hadson Nery: