Vampeta revela motivo da briga entre Leonardo e Luxa antes da Copa América de 1999

Mais de 21 anos depois, o Velho Vamp contou tudo sobre a discussão entre o treinador e o atual dirigente do Paris Saint-Germain

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2021 08h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/EFE/Aldo Carneiro / Estadão ConteúdoVampeta falou sobre o motivo da discussão entre Leonardo e Luxemburgo antes da Copa América de 1999

Vanderlei Luxemburgo cortou o atacante Edílson Capetinha da Copa América de 1999 devido às famosas “embaixadinhas” no clássico entre Corinthians e Palmeiras, que provocaram uma verdadeira batalha campal na final do Campeonato Paulista daquele ano. O que pouca gente sabe é se de fato houve uma briga entre o treinador e o meio-campista/lateral Leonardo antes da convocação para o torneio realizado no Paraguai. No programa “Pergunte ao Vampeta” desta semana, o comentarista do Grupo Jovem Pan, foi perguntado sobre o tema e não fugiu da resposta.

Presente na lista de convocados daquela Copa América, Vampeta contou que existiu, de fato, uma discussão entre Luxemburgo e Leonardo, atualmente diretor do Paris Saint-Germain. “É verdade mesmo! O Leonardo pediu para ser desconvocado e foi embora. O Leonardo pediu para jogar na meia, enquanto o Luxemburgo queria ele na lateral-esquerda. Para o meio-campo, o professor já tinha o Alex e o Rivaldo, que jogavam muito mais na posição. Aí teve essa treta, o Leonardo foi desconvocado e nós fomos campeões da Copa América, com Alex e Rivaldo arrebentando no torneio”, recordou.

A seleção brasileira, entretanto, não sentiu falta de Leonardo e venceu a competição com 100% de aproveitamento, batendo México, Chile e Venezuela na fase de grupos, a Argentina nas oitavas de final, o México novamente na semifinal e, na grande decisão, o Uruguai. Com cinco gols cada, Rivaldo e Ronaldo terminaram o campeonato como artilheiros.

Assista ao programa completo abaixo: