Mesmo com cirurgia bem-sucedida, Bolsonaro volta à UTI

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2018 09h45 - Atualizado em 13/09/2018 10h22
Paulo Lopes/Estadão ConteúdoApós a cirurgia, o candidato evoluiu bem, sem intercorrências e se encontra na Unidade de Terapia Intensiva

O candidato ao Palácio do Planalto pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi readmitido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na madrugada desta quinta-feira (12), informa o boletim médico do Hospital Israelita Albert Einstein.

Na quarta-feira (11), o presidenciável apresentou distensão abdominal progressiva sugerindo o diagnóstico de obstrução intestinal. O diagnóstico foi confirmado após realização de uma tomografia computadorizada realizada durante à tarde.

A partir do resultado, Bolsonaro foi levado para a cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução. Também foi constatado um extravasamento de secreção entérica (secreção intestinal) a montante do ponto de obstrução em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais.

A limpeza abdominal foi realizada como feito rotineiramente. O procedimento teve duração de duas horas. Após a cirurgia, o candidato evoluiu bem, sem intercorrências e se encontra na Unidade de Terapia Intensiva.

Assinaram o boletim médico o cirurgião Dr. Antônio Luiz Macedo, o clínico e cardiologista Dr. Leandro Echenique e o Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein, Dr. Miguel Cendoroglo.