Após participação de Leandra Leal no ‘Altas Horas’, Thiago Gagliasso provoca: ‘E a Rouanet?’

Em uma mensagem enviada à artista, o ator se intitulou ‘ex-irmão de Bruno Gagliasso’ e criticou o humorista Fábio Porchat

  • Por Jovem Pan
  • 29/06/2021 11h16
Reprodução/Instagram/@ThiagoGagliassoThiago Gagliasso e o irmão divergem por causa de posições políticas

Thiago Gagliasso provocou a atriz Leandra Leal em uma publicação no Instagram após a participação dela no programa “Altas Horas“, da Rede Globo, no último sábado, 26. Em seu discurso, Leandra criticou abertamente o governo do presidente Jair Bolsonaro. “Como é que a gente deixou o Bolsonaro ser eleito presidente? Como?”, indagou. “Ele já falava sobre preconceito, já destilava o seu ódio, já falava sobre homofobia, já espalhava fake news. Não foi uma escolha difícil”, afirmou Leandra. “Quem se permitiu achar que era uma escolha difícil, relativizou o preconceito. Relativizou a homofobia, o racismo, porque tudo isso estava na fala dele. O desprezo que ele tem pelas pessoas agora, a falta de empatia, como ele imita uma pessoa faltando ar”, acrescentou a artista. O ator, então, enviou uma mensagem em tom irônico à Leandra. A conversa foi compartilhada pelo próprio Thiago em seu Instagram. Na mensagem, ele se intitulou “ex-irmão de Bruno Gagliasso“.

Em 2018, após apoiar publicamente o presidente Bolsonaro, foi ele cobrado pela cunhada Giovanna Ewbank e expôs a situação. Bruno entrou em defesa da esposa. “Oi, Le, sou eu, Thi, ex-irmão do Bruno Gagliasso. Adorei sua posição no Altas Horas. Sou teu fã, mas tu já viu a tal da prestação de contas da Rouanet?”, questionou, em tom de deboche. “Sei que com toda sua visibilidade poderia nos ajudar, manda uma mensagem para o Fábio Porchat“, continuou. O comediante se tornou um desafeto para Thiago, quando, em uma conversa com Bruno, Porchat usou o ator como exemplo de uma pessoa que teve “boa educação” e mesmo assim votou no Bolsonaro. “Eu fico sempre muito apavorado. Imagina você cria uma criança, dá de comer, cuida, ela faz 20 anos e vota no Bolsonaro. Você faz o que com uma criança dessa? Como você deserda?”, questionou Porchat. “Cara, seu filho não vai votar no Bolsonaro, porque ele vai ter recebido a sua educação”, respondeu Bruno. “Seu irmão recebeu a sua educação e…”, brincou o humorista.