Príncipe Harry e Meghan Markle estão ‘financeiramente independentes’, diz revista

Príncipe Charles, pai de Harry, não estaria mais mandando dinheiro para eles; casal também devolveu US$ 3 milhões aos cofres públicos britânicos gastos em ex-residência real

  • Por Jovem Pan
  • 08/09/2020 11h39 - Atualizado em 08/09/2020 14h56
EFE/EPA/TOBY MELVILLE /POOLHarry e Meghan não representam mais a coroa britânica desde abril e, agora, vivem nos Estados Unidos

O príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, conquistaram a sonhada independência financeira. O casal, que deixou oficialmente a coroa britânica em abril, não estaria mais recebendo dinheiro do príncipe Charles, pai de Harry, segundo informações da revista People. De acordo com a publicação, eles ainda devolveram, no início dessa semana, US$ 3 milhões aos cofres públicos do Reino Unido referente à reforma realizada no Frogmore Cottage, mansão situada na propriedade do Castelo de Windsor e que será mantida por eles como residência oficial na Inglaterra.

Quando anunciaram, em janeiro, que deixariam a família real, foi divulgado que o príncipe Charles pagaria os custos com a segurança do casal fora do Reino Unido. Fontes ouvidas pela People, no entanto, negam que isso sequer tenha ocorrido, já que os próprios Harry e Meghan pagaram por suas despesas desde que se mudaram para a Califórnia, nos Estados Unidos. Mas Charles chegou a ajudar financeiramente o casal com algumas despesas, o que não acontece mais.

Na semana passada, o príncipe Harry e Meghan confirmaram um acordo milionário para a produção exclusiva de séries, filmes, documentários e programas infantis para a Netflix. “Nosso foco será a criação de conteúdo que informa, mas também dá esperança. Como novos pais, fazer uma programação familiar inspiradora também é importante para nós”, disse o casal em comunicado.