Sem papas na língua, Gretchen fala sobre visto cancelado nos EUA e afirma que está amando envelhecer

Cantora comentou ainda sobre as críticas que recebe por fazer procedimentos estéticos, explicou o que torna seu atual casamento diferente e enfatizou que não tolera comentários sobre Thammy Miranda

  • Por William Amorim
  • 11/09/2021 09h00 - Atualizado em 11/09/2021 16h59
Reprodução/Instagram/mariagretchenAos 62 anos, Gretchen afirmou que está amando envelhecer

Maria Odete Brito de Miranda de Souza conquistou o Brasil e tornou Gretchen, seu nome artístico, conhecido em todo o país. A rainha do rebolado dos anos 1980 se tornou também a rainha dos memes e, no auge dos seus 62 anos, ela se sente mais jovem do que nunca. “Eu me sinto bonita, jovem, fresca, é como se eu tivesse acabado de sair da adolescência. A maturidade me ajudou, estou amando envelhecer, se eu soubesse eu já teria envelhecido antes”, afirmou a cantora em entrevista à Jovem Pan. Sem medo de se expor, a artista precisa lidar diariamente com críticas nas redes sociais, que muitas vezes estão relacionadas aos procedimentos estéticos que realiza e ao seu 18º casamento, que foi com o saxofonista Esdras de Souza, de 48 anos, em setembro de 2020.

“Sinto que quem me critica quer ser como eu sou e não tem coragem porque é preciso ter muita coragem para fazer uma plástica, para se separar e para estar com um cara mais novo.” Gretchen não liga para os haters, mas também não tolera comentários relacionados ao fato do seu filho, o político Thammy Miranda, ser um homem trans. Considerada uma das participantes mais icônicas de “A Fazenda”, a cantora explicou porque não aceitou participar novamente do reality e também falou se encararia o “BBB”. Em 2012, após ser acusada de trabalhar ilegalmente nos Estados Unidos, Gretchen teve seu visto cancelado e perdeu a oportunidade de gravar um clipe ao lado de Katy Perry. Quase 10 anos depois, ela tenta reverter essa situação e planeja um apelo a Joe Biden. “Não tenho intenção de morar lá. Queria o visto para passear com meus filhos.”

Confira a entrevista completa com Gretchen:

Gretchen, quando as redes sociais se popularizaram você já era muito famosa. Isso te ajudou a lidar com as críticas que recebe frequentemente no Instagram? Eu sempre fui muito segura de mim, independente da fama. Acredito que mesmo que eu não fosse tão conhecida, saberia lidar muito bem com isso porque sempre fui uma pessoa que nunca se importou com o que pensam de mim.

Você é muito vaidosa e não se importa em divulgar quando faz uma cirurgia plástica ou procedimento estético, mas você vive sendo criticada por modificar sua aparência. Por que acha que isso acontece? O que eu percebo é que as pessoas não têm coragem de fazer certas coisas por si próprias, então elas se vitimizam e se colocam naquela posição de que se eu não posso, ela também não pode. Cerca de 90% dos comentários que recebo são positivos, de pessoas me apoiando, então sinto que quem me critica quer ser como eu sou e não tem coragem. É preciso muita coragem para fazer uma plástica, para se separar, para estar com um cara mais novo, porque você sabe que vai receber críticas.

Você comentou que lida bem com as críticas, mas tem algum tipo de comentário que te desestabiliza? É muito difícil eu me desestabilizar, mas não gosto que falem do meu marido e, principalmente, dos meus filhos. Eles sabem se defender sozinhos, mas mãe é mãe. Não é que me incomoda, mas eu não aceito, por exemplo, qualquer comentário sobre a condição sexual do Thammy. A única pessoa que poderia falar dele sou eu e eu não falo. Tenho muito orgulho do que ele representa como ser humano, como homem, como profissional e para a comunidade LGBTQIA+. Tenho orgulho em todos os sentidos.

Gretchen abraçando o filho, Thammy, e o neto, Bento

Thammy Miranda, filho de Gretchen, é pai de Bento, que nasceu nos EUA – Fonte: Reprodução/Instagram/mariagretchen

Uma nova edição de “A Fazenda” se aproxima. Sua participação ficou marcada e rendeu diversos memes. Você se arrepende de ter desistido? Aceitaria participar novamente? A participação na “Fazenda” foi única, histórica e vai ficar marcada para sempre porque eu sou muito eu e quando desisti foi em prol daquilo que eu acredito. Não me arrependo de jeito nenhum, acho que saí no momento certo e fui motivada pela preocupação com os meus filhos. Eles estão em primeiro lugar e não tem dinheiro que faça a minha cabeça. Nunca imaginei que minha participação ia fazer tanto sucesso, mas sabia que quando as pessoas me conhecessem, eles iam descobrir uma nova Gretchen.

Você foi convidada para participar novamente? Já recebi convites, mas prefiro que seja uma participação única. Não tem como fazer uma nova “Fazenda” e as coisas serem iguais. Prefiro que todo mundo guarde aquela imagem.

Gretchen em A Fazenda

Gretchen foi uma das participantes mais marcantes de ‘A Fazenda’ – Fonte: Reprodução/Record

E no “BBB”, você entraria se fosse convidada? Não sei, é uma coisa que eu iria pensar no momento em que acontecesse.

Recentemente, você declarou que vai aproveitar a gestão de Joe Biden para tentar reverter a situação do seu visto, que está cancelado. Você tem planos de morar nos Estados Unidos? Não tenho intenção de morar nos Estados Unidos, se eu tiver que voltar a morar fora do Brasil, vou morar novamente na França, que é o lugar que eu gosto, que eu me adaptei e que fala um idioma que eu domino e entendo bem. Queria o visto para ir passear com meus filhos, meu neto [Bento, filho de Thammy] é americano, então acredito que ele amaria estar comigo lá em alguns momentos, é só por isso mesmo. Também queria o visto para caso surja uma oportunidade de trabalho. A Katy Perry, por exemplo, me chamou [em 2017] para fazer o clipe oficial de Swish Swish. Eu fiz um pedido de waiver [perdão de penas de banimento], mas a gente nunca sabe se aquele pedido chegou ao órgão certo. Esse pedido é antigo, quero tentar de novo e quem sabe com a visão do atual presidente a liberação acontece. Eu não fiz nada de errado, não matei ninguém e não cometi nenhum crime.

O seu relacionamento com o saxofonista Esdras de Souza é algo que também vem chamando a atenção dos seus seguidores. O que torna esse casamento diferente das suas outras relações? Esse relacionamento tem tudo de diferente, talvez por isso esteja incomodando tanta gente. Meu marido resgatou em mim a mulher que eu sempre fui e acho que isso fez com que eu florescesse de novo, com que eu desabrochasse, com que as pessoas voltassem a ver aquela Gretchen dos anos 1980. Ele me deixa livre para eu ser quem eu sou, para andar do jeito que eu quero, para vestir o que eu quero e isso, claro, acaba instigando a inveja das pessoas, porque tudo o que uma mulher quer em um relacionamento é que o homem aceite e dê liberdade para ser quem ela realmente é. Eu também dou toda a liberdade para ele, incentivo ele a crescer, a evoluir, a fazer coisas novas, a se cuidar. É uma coisa mútua, uma parceria que deu certo.

Gretchen no colo do marido, Esdras

Gretchen é casada com o saxofonista Esdras de Souza – Fonte: Reprodução/Instagram/mariagretchen

Sobre essa sua nova fase, você já comentou que a cantora Anitta é sua inspiração. Vocês são amigas de ficar trocando mensagens? Sim, existe essa amizade e a gente troca WhatsApp. Eu convidei ela para o meu casamento e ela sempre me convida para ir à casa dela quando está no Rio de Janeiro. O problema é que, às vezes, a nossa agenda não bate. Ela sabe que me inspiro nela, que gosto dela e a admiro como mulher. Acho que eu ter a idade que tenho e poder ser jovem como ela é também é algo que incomoda as pessoas. Eu estou me amando, voltei a me ver como eu me via quando tinha 20 anos. Eu me sinto bonita, jovem, fresca, é como se eu tivesse acabado de sair da adolescência. A maturidade me ajudou, estou amando envelhecer, se eu soubesse eu já teria envelhecido antes (risos).

E quais são os planos para a sua carreira? Pretende continuar morando aqui no Brasil? Estou trabalhando em um show com meu marido que mistura música eletrônica e saxofone ao vivo, a gente está com a agenda cheia até o Carnaval de 2022. As coisas estão, graças a Deus, voltando ao normal e nossa agenda está ficando agitada porque as pessoas estavam sedentas de eventos e minha música é envolvente, alegre, traz movimento e alegria. Não tenho a intenção de voltar a morar na Europa agora, estou trabalhando bastante aqui e fazendo muitas campanhas publicitárias com grandes marcas, algumas ainda nem foram lançadas ainda.