Zé Ramalho é o quinto cantor a declinar de participação no novo disco de Sérgio Reis

Artista paraibano gravou sua música ‘Admirável Gado Novo’ com o sertanejo, mas agora acredita que a colaboração não faz mais sentido

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2021 12h58
Reprodução/Instagram/@serjaooficial Sérgio Reis e Zé Ramalho gravaram "Admirável Gado Novo" em 2019

Depois das desistências de Guilherme Arantes, Renato Teixeira, Maria Rita e Guarabyra, o novo disco do cantor sertanejo e ex-deputado federal Sérgio Reis, ainda sem data para lançamento, sofreu uma nova baixa. O cantor Zé Ramalho anunciou que não participará do álbum nem autoriza o uso de sua música “Admirável Gado Novo”. A gravação ocorreu em 2019, mas o paraibano acredita que a colaboração perdeu o sentido. Por meio de sua editora, Zé Ramalho pede que Reis “não utilize o fonograma de forma alguma”.

A enxurrada de desistências começou após o sertanejo se manifestar contra o Supremo Tribunal Federal (STF) em um áudio que vazou após conversa com um amigo. “Nós vamos parar 72 horas. Se não fizer nada, ninguém anda no país, não vai ter nem caminhão para trazer feijão para vocês aqui dentro. Nada vai ser igual ao que vai acontecer em 7, 8, 9 e 10 de setembro, e se eles não obedecerem nosso pedido, eles vão ver como a cobra vai fumar, e ai do caminhoneiro que furar esse bloqueio”, disse. Após a repercussão, associações de caminhoneiros negaram que pretendam fazer uma greve para pedir o impeachment de ministros do STF. Sérgio Reis passou a ser investigado sob a suspeita de incitar atos que ameaçam a democracia.