Aniversariante do dia, Adilson Batista teve passagens ruins pelos times de SP

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2015 10h56
- São Paulo , SP, Brasil, 18-7-2011 - Apresentação- 16:22:34 O tecnico Adilson Batista que foi apresentado no São Paulo na tarde de hoje.Foto: Robson Ventura/Folhapress, (VENCER)Treinador Adilson Batista

Campeão Mundial de clubes e com passagens por grandes clubes do Brasil como atleta e treinador, Adilson Batista completa 48 anos nesta segunda-feira. Hoje desempregado, Adilson teve oportunidades de treinar três dos quatro grandes times de São Paulo e teve um ponto em comum nos três trabalhos: a demissão.

Depois de bom trabalho pelo Cruzeiro, Adilson Batista chegou ao Corinthians em 2010 para assumir o lugar de Mano Menezes que havia deixado o clube para dirigir a Seleção Brasileira. O treinador foi demitido após 17 jogos: sete vitórias, quatro empates e seis derrotas. Mais do que isso, Batista assumiu o Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro daquele ano, deixou a equipe na terceira posição, e jogando um futebol muito abaixo do esperado.

Mesmo com um trabalho ruim no Corinthians, Adilson recebeu proposta e assumiu o Santos no início de 2011. O time contava com Neymar, Ganso, Elano e Arouca, e se planejava para a disputa da Libertadores daquele ano. Foram 11 jogos comandando o Peixe: uma derrota, cinco empates e cinco vitórias. E apesar dos bons números, o futebol jogado pela equipe e as inúmeras invenções do treinador ao escalar o time fizeram com que a diretoria alvinegra optasse pela sua saída.

Ainda em 2011, Adilson chegou ao São Paulo e novamente não foi bem trabalhando em território paulista. Sob o comando tricolor foram 22 partidas: sete vitórias, nove empates e seis derrotas. Novamente, além dos maus resultados, as invenções ao montar o time desagradaram torcedores e dirigentes e Adilson não resistiu.

Na temporada passada, o treinador comandou o Vasco na campanha da Série B e atualmente o aniversariante está desempregado.