Briga generalizada entre torcedores de São Paulo e Corinthians deixa um ferido em Diadema

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os policiais observaram aproximadamente 200 pessoas brigando utilizando barras de ferro e fogos de artifício

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2021 10h33 - Atualizado em 19/10/2021 10h36
ReproduçãoBriga entre torcedores de São Paulo e Corinthians deixou um ferido em Diadema

Mesmo com a partida entre São Paulo e Corinthians sendo disputada com torcida única, torcedores das duas equipes protagonizaram uma briga generalizada na madrugada desta terça-feira, 19, na Presidente Kenedy, no centro de Diadema, avenida localizada a mais de 15 km do estádio do Morumbi, palco do jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os policiais observaram aproximadamente 200 pessoas brigando utilizando barras de ferro e fogos de artifício. Em contato com a reportagem da Jovem Pan, o órgão comunicou que cerca de 16 torcedores, com idades entre 26 e 44 anos, foram detidos. Além disso, um envolvido, de 42 anos, ficou ferido e precisou ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Municipal de Diadema para atendimento médico.

O caso foi registrado como lesão corporal pelo 3º Distrito Policial da cidade. As partes foram orientadas quanto ao prazo decadencial para representação criminal. Já com a bola rolando, o São Paulo foi superior ao Corinthians, vencendo por 1 a 0 com gol do atacante Jonathan Calleri. Nos arredores da partida, a polícia não registrou nenhuma ocorrência grave. Com a permissão de 50% do público no estádio, mais de 23 mil pessoas estiveram no Morumbi para acompanhar o Majestoso. O número representou o melhor público deste Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) irá permitir a capacidade máxima das arenas a partir de 1º de novembro.