Corinthians vence novamente o Wanderers e fará clássico brasileiro nas quartas da Sul-Americana

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2019 23h21
RAÚL MARTÍNEZ/EFE

O Corinthians visitou o Montevideo Wanderers, no Uruguai, nesta quinta-feira (1º) e venceu por 2 a 1. Com os dois triunfos no duelo, o Timão se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana.

O Corinthians foi um bom primeiro tempo. A dupla de Matheus e Mateus no meio de campo empregou muita velocidade e bons passes. O 0 a 0 no placar nos 45 minutos iniciais não fez jus ao futebol apresentado. O volante Matheus Jesus, que fez sua estreia como titular, foi o melhor em campo.

Matheus Jesus, que entrou no lugar de Junior Urso, preservado para o clássico de domingo contra o Palmeiras, tentou três finalizações. Em uma delas, o volante levou a bola para o ataque e finalizou com muita categoria de pé esquerdo. A bola explodiu no travessão. Ramiro também tentou em duas oportunidades perigosas.

Mateus Vital atuando como armador do time com liberdade para se movimentar deu uma boa dinâmica ao meio-campo corintiano. Cássio praticamente não foi exigido em todo o primeiro tempo.

O gol corintiano saiu logo no primeiro ataque do segundo tempo. Depois ótima enfiada de Clayson, Ramiro finalizou na trave. A bola voltou no pé de Vagner Love, sem goleiro, que só empurrou para as redes. Logo em seguida, o Montevideo Wanderes empatou o marcador com um chute de muito longe de Bravo. Cássio aceitou.

O Timão voltou a ficar à frente do marcador após mais uma jogada envolvendo Clayson, Ramiro e Vagner Love. Bela enfiada do atacante para o ex-Grêmio, que cruzou na cabeça de Love. O camisa 9 agora é artilheiro da Sul-Americana.

O Corinthians agora faz um clássico brasileiro contra o Fluminense nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Datas e horários ainda serão definidas pela Conmebol. O que se sabe é que o Timão decide a vaga fora de casa.

Ficha técnica Montevideo Wanderers x Corinthians

Montevideo Wanderers

Arruabarrena; Barrandeguy, Bueno, Macaluso e Morales; Gabriel Pérez (César Araújo), Vegilio e Bravo; Albarracín (Coitiño); Riolfo e Barreto (Méndez)

Técnico: Román Cuello

Cartões Amarelos: Macaluso, Albarracín e Barrandeguy

Corinthians

Cássio; Fagner, Gil, Henrique e Carlos Augusto; Gabriel, Matheus Jesus (Junior Urso), Ramiro (Gustagol), Mateus Vital e Clayson; Vagner Love (Mauro Boselli)

Técnico: Fábio Carille

Cartões Amarelos: Matheus Jesus e Ramiro