Coritiba contabiliza 17 resultados positivos de Covid-19 em oito dias

Nove deles são jogadores e oito membros da comissão técnica e funcionários, incluindo o treinador Rodrigo Santana

  • Por Jovem Pan
  • 14/11/2020 13h46
DivulgaçãoMuralha testou positivo para a doença na semana passada

Os casos de Covid-19 entre jogadores de futebol têm crescido exponencialmente na última semana. Depois dos 16 casos no Santos, seis no Palmeiras e dois no Corinthians, o Coritiba também informou que entre o elenco e comissão técnica, 17 pessoas testaram positivo para a doença nos últimos oito dias. Na testagem realizada nesta sexta-feira, 13, para o jogo contra o Bahia na segunda-feira pelo Campeonato Brasileiro, a equipe somou mais dois casos. Ao todo, são nove atletas com a doença e oito entre os funcionários. Os nomes não foram revelados.

O treinador Rodrigo Santana também será desfalque na partida no Couto Pereira por causa da doença. Com isso, o Coritiba será comandado pelo auxiliar-técnico Pachequinho. Quem também não deve atuar são Ricardo Oliveira e Nathan, que não participam dos treinos desde quinta-feira. Antes do jogo contra o Internacional, na última semana, cinco jogadores tinham testado positivo: Matheus Galdezani, Nathan Silva, Matheus Bueno, Muralha e Patrick Vieira. Todos também estão fora do confronto contra o Bahia.

O caso mais grave do Coxa é do diretor de futebol, Paulo Pelaipe, que está internado desde o dia 16 de outubro para fazer tratamento contra a Covid-19. Ele está na UTI e apresentou melhoras nos últimos dias. Além dos desfalques pela doença, Yan Sasse também não entrará em campo na próxima segunda porque está suspenso e Ezequiel Cerutti, lesionado.