Após sofrer parada cardíaca em campo, Eriksen retorna ao CT da Inter de Milão

Jogador dinamarquês fez exames nas instalações do clube italiano, que afirmou que ‘encontra-se em excelente estado psicofísico’

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2021 16h34 - Atualizado em 04/08/2021 18h15
EFE Futebol Eliminatórias Copa do Mundo Dinamarca Irlanda Eriksen desmaiou durante uma partida da Dinamarca na Eurocopa

Quase dois meses depois de sofrer uma parada cardíaca em campo durante o jogo entre Dinamarca e Finlândia na Eurocopa, o meia Christian Eriksen retornou ao Centro de Treinamento da Inter de Milão, clube que defende na Itália. A informação foi dada pela própria equipe, que afirmou que o jogador “encontra-se em excelente estado psicofísico” e que seguirá um cronograma de recuperação proposto pelos médicos da Dinamarca que o acompanham desde o incidente no torneio continental. Na ocasião, os médicos que atenderam o jogador afirmaram que, após sofrer a parada cardíaca, Eriksen “chegou a partir”, mas foi reanimado. Os profissionais também concluíram que ele precisaria de um implante de um cardiodesfibrilador interno, que foi colocado em uma cirurgia na mesma semana.

O atleta recebeu alta em 18 de junho e ficou longe dos holofotes, não comentando sobre um possível retorno aos gramados. Por causar do implante, Eriksen não poderia retornar a atuar na Itália, uma vez que os protocolos médicos impedem que jogadores entrem em campo com o dispositivo. Jornais esportivos europeus dizem que Eriksen deseja voltar a atuar, o que, devido ao seu estado de saúde, só deve acontecer em 2022. Nas redes sociais, a Inter de Milão publicou um vídeo do retorno de Eriksen ao CT e o reencontro com colegas de clube.