Ouro na maratona aquática, classificação no vôlei e eliminação inesperada: Confira o balanço do 14º dia das Olimpíadas

Além da queda precoce no vôlei de praia masculino, o Brasil também ficou sem medalhas na primeira noite de disputas do skate park

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2021 15h39
Jonne Roriz/COBAna Marcela Cunha conquistou o ouro na maratona aquática em seu quarto ciclo olímpico

O Brasil começou o 14º dia de disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 com um grande resultado. Na disputa da maratona aquática, Ana Marcela Cunha fechou a prova com 1h59mins30s e conquistou sua primeira medalha de ouro, sendo esta a quarta vez em que o Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio nesta edição dos Jogos. Depois disso, foi a vez de Alison e Álvaro entrarem em quadra no vôlei de praia, mas a dupla não jogou bem e foi eliminada de maneira precoce da disputa pelo ouro. Em seguida, os brasileiros Gabriel Constantino e Rafael Pereira também deram adeus a Tóquio após não se classificarem para a final dos 110 m com barreiras masculino. No fim da noite de terça-feira, 4, Dora Varella e Yndiara Asp ficaram nas últimas posições da final do skate park, sem conseguir uma medalha para o Brasil.

Durante a madrugada, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan chegaram na última posição da regata da medalha e amargaram a nona colocação na vela Classe 470. Nos saltos ornamentais, Ingrid Oliveira ficou na 23ª posição e não se classificou para a semifinal. No começo da manhã, Yuri Mansur cometeu faltas e ficou fora do pódio no hipismo. Em seguida, Felipe dos Santos caiu para a 12ª posição geral no decatlo masculino. Depois de uma série de eliminações seguidas, o Brasil voltou a vencer no fim da manhã, quando a seleção feminina de vôlei virou e derrotou o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1, garantindo vaga na semifinal do torneio.