Irmão de Emiliano Sala pede clareza e justiça 1 ano após morte do jogador

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2020 16h14 - Atualizado em 21/01/2020 16h21
Divulgação FC NantesEmiliano Sala morreu em acidente aéreo

No aniversário de um ano da morte do atacante argentino Emiliano Sala em uma queda de avião no Canal da Mancha, o irmão do jogador, Darío, pediu nesta terça-feira que haja clareza quanto às circunstâncias do acidente e que se investigue a existência de culpados.

No dia 21 de janeiro de 2019, Sala, então com 28 anos, deixou a França rumo à Inglaterra em voo privado pilotado por David Ibbotson para acertar a transferência do Nantes para o Cardiff.

A aeronave não chegou ao destino e em 3 de fevereiro foi localizada no fundo do mar. O corpo do atleta foi resgatado quatro dia depois, enquanto o do piloto jamais foi encontrado.

“Nós não sabemos muito. A verdade é que eles não nos dizem muito, há assuntos de que os advogados falam e nós não sabemos. Nós ainda pedimos justiça, não pode haver justiça até sabermos o que aconteceu. Queremos que tudo seja investigado”, declarou Dario ao jornal argentino “Olé”.

“Eu não posso culpar ninguém. E essa é a última coisa que quero fazer, desde que não tenha prova alguma. Eu não posso dizer quem foi o culpado”, completou.

Emiliano Sala foi homenageado na França, mas a sua família não participou porque não houve um convite formal. Em 26 de abril do ano passado, o pai do atacante sofreu um infarto e morreu.

“O que eu quero dizer, acima de tudo, é que estamos tentando garantir que tudo corra da melhor maneira possível. Estamos em busca de justiça, todos nós. Hoje o que nos aconteceu não queremos que aconteça a outra família ou a outro jovem, não apenas a um jogador de futebol”, salientou.

*Com informações da EFE